Me Siga

A coluna

Júlio Martins

Publicado

Disponibilizo aos amigos a íntegra da coluna publicada nesta sexta-feira no Jornal SerraNossa. À tardinha ou de noite pretendo postar algumas coisinhas que tenho ouvido dos bastidores da política local. Andam dizendo por aí que a aliança que já vinha rolando na contramão da campanha eleitoral está confirmada e já inclui nomes para algumas pastas da nova administração. Mas, por enquanto, vamos falar só de esporte.

AGORA SIM
Depois de meses vivendo de notícias escassas, finalmente a imprensa esportiva vai poder dar ao Esportivo a cobertura que um grande time de futebol merece. De março pra cá só noticiamos a não participação na CopaRS e o anúncio de contratação do técnico Círio Quadros. A partir de agora, no entanto, as notícias devem chegar com mais freqüência. Esta semana começou o processo de apresentação de jogadores. Aos poucos uma equipe vai se formando e nossa tarefa enquanto imprensa é divulgar e apresentá-los à torcida.

PACIÊNCIA
Devagar as coisas vão se organizando para o início de mais uma temporada. Dois jogadores aqui, outros três ali, assim a equipe vai se montando. Contratações de verdade só mesmo com a desclassificação de algumas equipes na CopaRS ou até mesmo após o fim da competição. O estilo de jogo proposto por Quadros nas equipes por onde passou deixa claro que não é preciso contar com grandes estrelas para obter bons resultados. Isso inclusive é uma realidade no desgastado futebol do interior. O Esportivo mesmo usou desta técnica na temporada passada. A diferença é que quando montou a equipe para 2008 a direção queria simplesmente manter o clube na primeira divisão. Tanto é verdade que os constantes insucessos e a queda na tabela rodada após rodada não foi suficiente para forçar uma mudança de treinador, que se fazia necessária.

AS METAS
Ainda sobre os objetivos do Esportivo, acredito que este ano eles sejam outros. A experiência da temporada anterior precisa servir de exemplo. Com finanças em ordem – ou pelo menos com a saúde um pouco melhor – e com a campanha que quase deu ao clube a possibilidade de brigar por uma vaga nas fases mais quentes, não só é possível como precisa ser objetivo número 1 do clube estar entre os melhores do grupo, seja no primeiro, seja no segundo turno. Já escrevi isso uma vez e o Presidente até concordou e rebateu educadamente: pensar pequeno é ser pequeno.

DE OLHO
Desde o ano passado venho batendo nesta tecla. Depois que assisti uma bela apresentação das meninas do Bento Vôlei, escrevi diversas vezes que o trabalho delas merecia mais atenção. Pois entra ano, sai ano, troca treinador e os resultados do “vôlei de saias” continuam sendo bem mais contundentes que os do masculino. Infelizmente para as meninas e para a torcida, os olhos da direção ainda estão voltados quase que exclusivamente para os homens, que ainda não fizeram uma campanha convincente, pelo menos não que eu lembre. Entendam bem, não estou dizendo que se deve tirar dinheiro do masculino para injetar no feminino, apenas que haja também um projeto de captação de recursos que permita às meninas pelo menos uma oportunidade de disputar uma competição nacional. No mínimo uma grande parceria. Tenho certeza que se depender dos resultados obtidos, os patrocínios vêem.

Destaques

© 2020 - Júlio Martins