Me Siga

Abrindo pro debate

Júlio Martins

Publicado

Esse e-mail chegou hoje pelo alo92.5@radiosp3.com.br. Curioso que sou fui dar uma olhada e a primeira frase me chamou a atenção: Analise sem deletar antes de ler até o final, independente de qual é seu time do coração... os números não mentem jamais.
TIREM SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES APÓS LEREM ESSE EMAIL. Independente dco meu time do coração, e sem saber do que se tratava, li até o final e então resolvi publicar aqui para abrir os debates. Então, vamos lá, leia até o final (independente de qual seja seu time do coração) e deixe seu comentário:

1962 - Grêmio campeão Sul Brasileiro
1975 - Internacional campeão Brasileiro
1976 - Internacional bicampeão Brasileiro
1979 - internacional tricampeão Brasileiro
1981 - Grêmio campeão Brasileiro
1983 - Grêmio campeão da Libertadores
1983 - Grêmio campeão Mundial

Surge então em nosso Estado o primeiro campeão de tudo. Nessa época o Grêmio já possuía todos os títulos possíveis:
Campeões do estado;
Campeões da região Sul;
Campeões do Brasil;
Campeão da América e
Campeão do Mundo.

Vamos então chamá-lo de Campeão de tudo???
Não... não precisa... a torcida prefere chamá-lo de Grêmio!

1989 - Grêmio campeão da Copa do Brasil
1990 - Grêmio supercampeão Brasileiro

Mais esses dois títulos inéditos teriam tornado o Grêmio campeoníssimo de tudo então! O primeiro campeão da Copa do Brasil, e o primeiro e único supercampeão brasileiro... vamos chamar de Grêmio campeão de tudo????
Não precisa.... Grêmio continua ótimo...

1992 - Internacional - Campeão da Copa do Brasil
1994 - Grêmio bicampeão da Copa do Brasil
1995 - Grêmio bicampeão da Libertadores
1996 - Grêmio bicampeão Brasileiro
1996 - Grêmio campeão da Recopa

Além de repetir títulos o Grêmio coloca mais uma taça no armário, a Recopa, inédita em nosso Estado... obviamente, o Estado só tinha até então um campeão além de nossas fronteiras nacionais... Acostumado a erguer taças novas e repetidas, sua torcida prefere chamá-lo apenas de Grêmio... sem coroas, estrelas duplicadas, firulas na camisa...

1997 - Grêmio tricampeão da Copa do Brasil
1999 - Campeão da Copa Sul

Copa Sul, mais um título... Aliás, o primeiro campeão da Copa Sul...
Mas pra quê ser chamado de campeão de tudo? Só Grêmio tá bom.

2001 - Grêmio tetra campeão da Copa do Brasil
2005 - Campeão brasileiro da Série B

Como se não bastasse até a taça da Série B veio parar no armário do Grêmio.

2006 - Internacional campeão da Libertadores
2006 - Internacional campeão Mundial
2007 - Internacional campeão da Recopa
2008 - Internacional campeão da Copa Sulamericana

GRÊMIO:
35x Campeão Gaúcho
1x Campeão da Copa Sul
1x Campeão do torneio Sul Brasileiro
2x Campeão Brasileiro S-A
1x Campeão Brasileiro S-B
1x Campeão do Supercampeonato brasileiro
4x campeão da Copa do Brasil
1x Campeão da Recopa
2x Campeão da Libertadores
1x Campeão Mundial
10 Competições diferentes
14 Títulos sem contar o Gauchão

INTERNACIONAL :
38x Campeão Gaúcho
1x Campeão da Copa do Brasil
3x Campeão Brasileiro
1x Campeão da Libertadores
1x Campeão do Mundial
1x Campeão da Recopa
1x Campeão da Copa Sulamericana
7 Competições diferentes
8 títulos sem contar o Gauchão

ANALISANDO (NEUTRAMENTE) OS NÚMEROS, QUEM É O CAMPEÃO DE TUDO?

Destaques

© 2020 - Júlio Martins