Me Siga

Chegou a hora!

Júlio Martins

Publicado

Já faz algum tempo que só a Ieda tem ouvido meus comentários esportivos, mas certamente ela confirma e compactua com o que penso a respeito de Osmar Loss. Conheci o Osmar durante uma dessas Copas Santiago de Futebol Juvenil e aprendi a admirar o trabalho deste jovem obstinado. A capacidade de tirar o máximo do grupo e o poder de liderança do "guri colorado" (sim, porque ele tem apenas 34 anos) são impressionantes. Aos poucos Osmar foi ganhando reconhecimento no Inter, galgando espaços até chegar ao reconhecimento dentro do futebol gaúcho. Faltava algo, sim, faltava. O salto precisava ser dado e Loss não parece ter sentido medo de arriscar. Estava mesmo na hora de "sair debaixo da saia colorada" e tocar a vida longe do Beira-Rio. Chegada a hora, espero, sinceramente, que Osmar tenha condições de trabalho compatíveis com seu talento e dedicação e, acima de tudo, tempo para provar seu verdadeiro valor. Por que falo tudo isso? Pra que tanta rasgação de seda? Por nada, simplesmente porque há algum tempo eu gostaria de ver como Loss se portaria sem o abrigo vermelho e branco. Acredito no potencial dele e, confesso, me vejo muito nele. Temos a mesma idade e atuamos em profissões onde chega a hora do "pulo do gato", o momento de correr riscos. Já vivi esse momento quando troquei a Rádio Santiago pela Viva News e tenho um pressentimento de que estou prestes a dar um novo pulo. Nos desejem sorte!!!

Destaques

© 2020 - Júlio Martins