Me Siga

Com ou sem diploma?

Júlio Martins

Publicado

Não é de hoje que a "polêmica" da exigência do diploma para o exercício do Jornalismo faz parte do meu dia-a-dia. Quando comecei a atuar na área, em 1997, sem ter o diploma, passei a conviver com isso. Atuei em jornal por 8 anos, até o final de 2005, sem o diploma e prossegui no rádio, sempre debatendo o assunto. Teve até um período em que uma liminar nos permitia o registro como jornalista, desde que fosse comprovado um certo tempo de atuação na área. Eu até tinha esse tempo, mas preferi deixar passar. Hoje, com a queda da exigência, o que se discute é o valor do diploma, de cursar faculdade, do dinheiro investido, essas coisas. Estão colocando de lado a discussão mais importante: A QUALIDADE de quem faz jornalismo. Ouvi gente dizer que "qualquer um" vai escrever. Gente! Pelo amor de Deus! Nenhum dono de jornal, rádio ou tv seria capaz de contratar alguém sem o mínimo de preparo para "tocar" uma empresa jornalística. O dom da palavra (seja escrita ou falada) é tudo. É mais que o diploma, inclusive. Estar preparado para exercer o jornalismo - ou qualquer outra profissão - não passa necessariamente pela sala de aula de uma universidade. Existem algumas profissões que exigem isso, é verdade, mas antes disso é preciso ter o dom, é necessário vocação. Ser jornalista, por exemplo, não deve ser uma escolha, deve sim ser uma opção de vida. Querer estar na vitrine, se expondo a todo momento, ser alvo de críticas e muitas vezes de perseguição é pra quem nasceu pra isso. Que me perdoem os amigos com diploma ou os que estão em busca dele, mas o "canudo" só deve estar na parede se realmente você sentir que nasceu pra isso. Caso contrário, com ou sem exigência, é melhor rever algumas posições e seguir outro caminho. Vocês que passam aqui todo dia, alguma vez se perguntaram se eu tenho diploma, se sou jornalista diplomado? Se não, é sinal de que eu realmente fiz a opção certa, seguindo meu coração e minha vocação. Estou longe de ser um grande jornalista, mas a vida está me ensinando a melhorar todos os dias, mesmo que através dos meus erros. Tente fazer isso também, quem sabe você se descubra.

Destaques

© 2020 - Júlio Martins