Me Siga

Domingo sem futebol

Júlio Martins

Publicado


Além do frio que veio pra ficar, o domingo esportivo amanheceu frio também nas pistas. Como acompanhar uma prova de Fórmula1 normalmente se todas as atenções estão voltadas para o estado de saúde de Felipe Massa? Bom, de qualquer forma uma olhadinha sempre rola e que bom que tivemos uma surpresa: Lewis Hamilton venceu e até fez a bela namorada Nicole Scherzinger chorar. Quando falo de domingo sem futebol, me refiro, claro, à dupla Grenal, que foi a campo ontem. Um sábado frustrante para o torcedor colorado, que viu seu time novamente ser batido até com facilidade pelo Botafogo. Depois de estar perdendo por 2x0 o time buscou o empate, mas deu bobeira no final e acabou derrotado, o que pode significar o fim da "era Tite" pelos lados do Beira-Rio. Mudar de técnico nem sempre é a solução, principalmente quando o mercado de "disponíveis" está em baixa, mas, pelo que tenho visto e ouvido, o clima no vestiário do Inter não está nada bom. Se Tite cai e quem será seu substituto, as próximas horas irão dizer. Acredito que ele saia, mas não vejo nenhum grande treinador por aí capaz de fazer muito diferente com esse grupo que parece estar sem vontade de vencer. Do lado azul, susto no começo e a velha instabilidade de volta marcaram o confronto que aproximou o tricolor do G4. Vencer o Santo André em casa era tão esperado quando obrigatório, agora falta uma vitória fora para colocar o Grêmio de vez na briga pelo título. E que vitória, justamente contra o São Paulo, no Morumbi. Lembram de 2008? Lá o Grêmio estreou no Brasileirão precisando de uma vitória para que Celso Roth permanecesse, e venceu. Quem sabe a história não se repete.

Pra fechar (escrevi bastante hein!?), hoje é tarde para deixar de lado o futebol e parar pra ver o voleibol brasileiro no topo de novo. A partir das 15h30min (com transmissão do Sportv) a equipe masculina, comandada por Bernardinho entra em quadra contra a Sérvia para mostrar ao mundo que a nova geração é tão boa quanto a anterior. Acompanhei todos os jogos dessa fase final da Liga e digo a vocês, portencialmente esta seleção é melhor que a anterior. Talvez seja o "efeito Bernardinho", que no comando da seleção já faturou 22 títulos em 30 torneios disputados. Quem puder ver o jogo, faça isso e não vai se arrepender.

Destaques

© 2020 - Júlio Martins