Me Siga

Momento histórico

Júlio Martins

Publicado

Amanhã à tarde o Rio Grande do Sul vai viver momentos eletrizantes no esporte. Para os menos desavisados, na tarde deste domingo, 16 de agosto, que pode ser histórico, dois clubes do interior gaúcho entrarão em campo podendo garantir vaga na Série B do Brasileirão. Otimista que sou, acredito que é possível sim classificar Brasil de Pelotas e Caxias para, em 2010, fazerem companhia ao Juventude (isso se o Papo conseguir se manter lá). A situação do Caxias é bem mais dramática. Derrotado no interior paulista semana passada, o Grená do amigo Celso Barp precisa fazer 2x0 pra levar a decisão para os pênaltis ou então vencer por qualquer outro resultado, desde que seja por 3 gols de diferença. Tarefa complicada? Pra qualquer um, mesmo para os gaúchos, conhecidos por sua tradicional garra. A Dupla Grenal passou por situação parecida semelhante há pouco tempo por Copa do Brasil e Libertadores e acabou se dando mal. O Caxias tem tradição de fazer verdadeiros milagres diante da sua torcida, quem sabe o domingo reserva grandes momentos ao torcedor Grená. Uma festa sem hora pra acabar, sem dúvida.

O outro candidato gaúcho à Série B é o Brasil de Pelotas. O Xavante - que começou o ano vivendo uma tragédia que resultou inclusive na morte de seu maior ídolo, o uruguaio Claudio Millar -, viveu literalmente um "inferno astral" que culminou com a queda para a Série B do Gauchão. O segundo semestre, no entanto, pode se não apagar, pelo menos amenizar a tempestade que tomou conta do Bento Freitas. A situação do Brasil é bem mais cômoda. Se empatar com gols diante do América, em Minas Gerais, o Xavante estará na Série B, porém esta "B" é considerada uma conquista, ao contrário do descenço no Gauchão. Vida mais fácil, mas em futebol "vida fácil" não existe.

O domingo pode ser histórico e o Rio Grande terminá-lo com dois novos representantes na Série B ou pode terminar como outro qualquer, sem novos gaúchos por lá. Como outro qualquer não, porque os torcedores dos dois clubes vão viver momentos de grande frustração. Sorte a nós, gaúchos.

Destaques

© 2020 - Júlio Martins