Me Siga

7x7: Força conquista sétimo título no Sete

Júlio Martins

Publicado

Força fechou a tarde conquistando o título da Série A. Fotos: Júlio Martins

A tarde de decisões no Futebol Sete promovidos pela Liga Santiaguense de Futebol terminou com o Força Jovem conquistando o título pela sétima vez em oito anos. Antes da conquista Alviazul, o Atlético também festejou o título da Segundona e a vaga na Primeira Divisão no próximo.

Uma bela festa do esporte
Como vem se tornando frequente, a tarde ensolarada do sábado serviu de cenário para um evento bem organizado e com respaldo da comunidade que lotou as arquibancadas disponibilizadas pela Liga.


Na primeira partida da tarde, Atlético e Academia Cem fizeram um jogo equilibrado para decidir o título da Segunda Divisão. As duas equipes, que já estavam garantidas na Primeirona 2018 protagonizaram um bom espetáculo, com o Atlético largando na frente no primeiro tempo (André) e ampliando no segundo (Vinícius). Maurício descontou para o Academia, mas sem tempo para uma reação.

Além do título, o Atlético terminou a competição com a melhor defesa e o artilheiro da competição, Darlan, com 9 gols marcados.


Assim que a bola parou pela Segundona os finalistas da Primeira Divisão entraram em campo pelo segundo troféu da tarde. Em busca do sétimo título o Força Jovem saiu na frente muito cedo. Aos 3 minutos, cobrando falta, Banguzinho fez 1 a 0 para o time do bairro Gaspar Dutra. Apesar do bom desempenho do Nacional, foi o Alviazul quem marcou 6 minutos mais tarde, num belo gol de Furlan, que acertou um chute cruzado. Em seguida o Nacional diminuiu com Marcelo, capitão e camisa 10. Mas o que poderia se transformar em pressão logo parou no gol do experiente Douglas, que completou jogada de linha de fundo de Bidin.



Na segunda etapa o Força seguiu atacando para ampliar a vantagem e o fez com Kapeta. O perigoso atacante Igor descontou para o Nacional, mas daí em diante só o Força Jovem foi às redes, com Adilson e depois com Adriano, chegando ao sétimo título da categoria em 8 anos (só não venceu em 2015). O Alviazul também terminou a competição com a defesa menos vazada.

Destaques

© 2020 - Júlio Martins