Me Siga

SER Santiago: voltar a vencer é preciso!

Júlio Martins

Publicado

Não é exatamente um vencer ou vencer. A classificação à próxima fase não está em jogo. Mas a SER Santiago precisa voltar a vencer para retomar seu posto mais próximo do topo da tabela. Já são quase dois meses sem uma vitória. É verdade que nesses quase dois meses foram apenas 4 jogos (derrotas para o União e para o Serade, empates contra ACF e La Máquina), porém de um jeito ou de outro isso acaba refletindo no torcedor que trocou aquela empolgação do final de turno por uma desconfiança, de certa forma justificada, principalmente depois de um tropeço diante de um dos lanternas - no sábado vencia o La Máquina por 3 a 0 e cedeu o empate-. Edinho, que assumiu pouco antes do jogo contra a ACF, também teve mais tempo para trabalhar seus métodos, para encaixar os recém chegados como ele no grupo que vinha atuando e também quer a primeira vitória para dar aquela aliviada e tranquilizar de vez para fazer um restante de turno sem pressão. O adversário de hoje é atual lanterna do grupo, mas vem tentar pontos que o mantenham na luta por uma das vagas, já que seu adversário direto, o La Máquina, está em ascensão. Portanto, todo cuidado é pouco. Ingredientes para um jogo mais tenso existem, no entanto, cabe ao dono da casa se impor desde o início e jogar essa tensão pro outro lado. Como disse no começo, a meu ver a classificação não corre riscos, assim como o momento mais instável veio quando tinha que vir. Agora é a hora de voltar a vencer e embalar para terminar essa fase "na ponta dos cascos", pois a etapa seguinte promete ser um pouco mais complicada. Se o objetivo é chegar pelo menos aos mata-mata, a hora de iniciar a arrancada é agora. Ah, nem preciso dizer que lugar de torcedor do Azulão é na arquibancada, empurrando e jogando com o time do início ao fim.

Destaques

© 2020 - Júlio Martins