Me Siga

Cotidianas: skate em evidência outra vez

Publicado

Durante a sessão da Câmara de Vereadores da última segunda-feira (10), o vereador Joel Oliveira (Progressistas) narrou um episódio envolvendo um skatista presenciado por ele em frente à sua loja, no Calçadão. Segundo ele, por pouco “o rapaz do skate não causou um acidente e um traumatismo craniano em uma senhora”.

O vereador disse que o assunto precisa ser discutido, mas esqueceu que não muito tempo atrás uma audiência pública foi realizada lá mesmo, no parlamento. Eu estava lá, acompanhei as discussões, ouvi as orientações da Guarda Municipal e até a ameaça de multa pesada contra aqueles que continuassem usando a frente do Banrisul e do Sicredi como pista. Pra mim ficou claro que a partir dali, se fossem flagrados, os skatistas seriam punidos com rigor, o que, pelo jeito, não está acontecendo na prática.

Em vez de propor uma nova discussão, que tal se o vereador cobrasse uma fiscalização mais rigorosa?

Uma nova pista
Na mesma oportunidade os skatistas disseram que a pista atualmente disponibilizada na Pracinha do QG não é adequada e sugeriram que esta fosse levada para o Ginasião ou para o espaço no bairro Zamperetti onde um dia se cogitou uma arena. A soliticação seria encaminhada ao Executivo, mas confesso que não sei se chegou lá.

Ao mesmo tempo que o assunto volta à tona, memes surgem nas redes sociais. Quem tem Instagram e segue o @santiagomemesoficial já deve ter se deparado com algumas montagens bem bacanas que chamam a atenção para a criação de um lugar apropriado.

Uma coisa é certa: na contramão, nas calçadas ou em frente a agências bancárias não dá pra ficar fazendo malabarismo. E não basta jogar a culpa nas autoridades. Cada um tem que fazer a sua parte.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E RECEBA AS NOTÍCIAS EM PRIMEIRA MÃO

Destaques

© 2019 - Júlio Martins