Me Siga

Coudet confirma proposta do Inter, mas diz: “Não é o momento”

Publicado

O técnico argentino Eduardo Coudet, cotado para comandar o Internacional, falou à imprensa nesta quinta-feira, véspera do jogo contra o Boca Juniors pelo Campeonato Argentino. Perguntado sobre as sondagens do clube gaúcho ele confirmou as conversas, porém afirmou não ser o momento de deixar o Racing.

“Os dirigentes do Racing foram informados disso (da proposta) antes de vocês (imprensa). O Inter me procurou por não ter treinador no momento e ter jogos importantes no restante do ano. Agradeci, mas esse não é o momento para sair do Racing por respeito aos dirigentes, aos torcedores e aos jogadores”, afirmou Coudet.

Quando o assunto voltou à pauta ele foi enfático:

“Temos um jogo muito importante amanhã (sexta-feira). Por cima de tudo, estão o Racing e o campeonato. Já respondi o que aconteceu. Não me pergunte mais sobre isso, é um assunto pessoal. Vamos falar do Racing, que joga amanhã contra o Boca Juniors”.

O Inter segue interinamente com Ricardo Colbachini no cargo e a tendência é de que ele permaneça no cargo até dezembro. Coudet assumiria o comando da casamata colorada em janeiro. A direção colorada deve se pronunciar sobre seu planejamento após o jogo contra o Vasco, domingo, no Beira-Rio, e a possibilidade de permanência de Colbachini não é 100% descartada.

Destaques

© 2019 - Júlio Martins