Me Siga

Um efeito suspensivo e tudo volta ao normal

Publicado

Tomara que o Inter consiga o efeito suspensivo e Nico vá pro clássico de domingo. Assim o jogo não sofre interferência externa. A punição exagerada ao Nico já serviu relembrar colorados que a federação não presta. Pena que isso só aconteça (as manifestações veementes contra a FGF) quando o seu lado é afetado. De tempos em tempos ela entra em cena e bagunça tudo, mas quando o outro é prejudicado nunca se dá importância.

Que fique bem claro que essa não é a primeira vez que um dos lados se diz prejudicado. O que acontece é que dirigente e torcedor tem a memória curta e logo ali esquece o ocorrido. Todo um chora e outro ri da situação, depois todos esquecem até que se repita ou o feitiço se vire contra o feiticeiro.

Pro torcedor fica mais difícil, mas com um tantinho de esforço é possível relembrar outras vezes que vermelhos e azuis foram prejudicados de uma forma ou de outra pela entidade que comanda o futebol gaúcho. Aliás, não é a primeira, nem será a última vez.

Em tempo: forçada essa pena ao Nico. O Winck, autor da bagunça toda em Caxias do Sul só tomou uma multa.

Destaques

© 2019 - Júlio Martins