Guarda, canil e marcenaria… resumo de um Cafezinho

Guarda, canil e marcenaria… resumo de um Cafezinho

Quem me conhece sabe que gosto muito de escrever e quem convive mais de perto sabe também o tempo (ou a falta dele) anda me judiando. Sendo assim, o Cafezinho dos fins de tarde é o momento do dia em que me atualizo ao mesmo tempo que tento atualizar quem me assiste, interagindo e colocar a conversa em dia.

Aproveitando alguns destaques do programa de hoje vou falar de três temas interessantes que abordei ao vivo, mas que renderiam postagens por aqui. Aproveito pra convidá-los a assistir o programa de hoje e, se gostarem, comparecer todo fim de tarde pra resenha.

Novidade na Guarda Municipal
No finalzinho da manhã de hoje fiquei sabendo da escolha do Junior Limana, colega de rádio, para a Guarda Municipal. No mesmo dia em que comemorava mais um ano de vida, o radialista e candidato a vereador com boa votação na eleição passada foi escolhido para substituir o atual vereador João Alberto no cargo. Tarefa complicada, vidraça pra levar pedradas quase toda hora, mas acredito que de tanto ouvir os lamentos da comunidade em seus programas e redes sociais, Junior vai se esforçar pra atender “a voz das ruas” e colocar em prática muito do que ele também cobrava das autoridades como bom crítico que sempre foi.

No canil é preciso somar
Outro assunto que envolve a administração municipal é a abertura de licitação para “reforçar” o Centro de Zoonoses, popularmente conhecido como Canil Municipal. Falo em somar porque é assim que vejo a situação, já que existe um trabalho competente sendo desenvolvido por lá há anos. Colocar o Castramóvel e ação e acrescentar profissionais ao que já existe é o mínimo que se espera. Como eu disse no programa mais cedo, somar é necessário, jamais deixar de lado ou abrir mão do trabalho de voluntários, entidades e profissionais que já se dedicam diuturnamente à causa animal não vem ao caso. Atualmente, conforme números apresentados pela vereadora Eva Muller durante a sessão da Câmara de hoje, o Canil possui quase 600 animais por à espera de um dono. Deveria ser um lar temporário, mas, invariável e infelizmente, se torna permanente.

Novos marceneiros
Na noite de hoje empresários do setor moveleiro tiveram a oportunidade de conhecer o projeto do vereador Batista, que prevê lapidar pelo menos 30 pessoas para o mercado de trabalho nesse setor que se mantém firme e forte apesar de toda a instabilidade. Tive a oportunidade de conhecer o projeto mais a fundo quando ainda estava sendo ajustado para a apresentação e tenho certeza de que os participantes que realmente se dedicarem durante os 5, quase 6 meses, estarão aptos e poderão se inserir no mercado com qualidade, já que serão monitorados de perto pelos principais interessados, os donos de fábrica, que acompanharão de perto a preparação, de olho nos melhores.

Bora ver o Cafezinho então?

Leave a Reply