A invencibilidade do Manchester City

A invencibilidade do Manchester City

Por Fabrício Quadros

O Manchester City, sem dúvidas, está entre os que jogam o melhor futebol do mundo na atualidade. Basta vermos a campanha na Premier League (Campeonato Inglês) e na UEFA Champions League. Líder com uma vantagem de 10 pontos, o time de Pep Guardiola avançou em 1º na chave que tinha o badalado Paris Saint-Germain, de Messi, Neymar, Mbappé e companhia, na maior competição de clubes do planeta. A invencibilidade de 11 jogos no Campeonato Nacional impressiona, já que nessa sequência não há um empate sequer.

Composto por grandes jogadores, seja em qual parte do campo, a equipe varia situações de jogo. Ou seja, há variações durante a temporada, com jogadores revezando funções. Um exemplo claro, é a participação de Gabriel Jesus, quando ele está em campo o City atua com dois jogadores abertos pelas pontas, com Sterling, Mahrez, Foden ou Grealish atuando por ali. Vale destacar o multifuncional Bernardo Silva, que executa funções de “falso 9” por diversas vezes, quando Jesus não está em campo. O sistema defensivo da equipe é o menos vazado da Premier League até o presente momento.

Vale ressaltar, que lá se vão exatamente dois meses e seis dias do último revés do City, para o surpreendente Crystal Palace. Desde lá, o time que pertence a uma empresa de árabes, tem sido soberano, inclusive com grandes triunfos, como o impiedoso 7×0 sobre o Leeds United e os 4×0 sobre o mais novo time milionário da Inglaterra, Newcastle. Também cabe lembrar as vitórias fundamentais nos clássicos contra os rivais Manchester United e Arsenal fora de casa.

Não há novidade quando nos deparamos com estas campanhas brilhantes de um time sob a chancela de um técnico do cacife de Pep Guardiola, que por onde passou conquistou títulos. Recordamos do fantástico Barcelona, do massacrante Bayern de Munique, e, por último do Manchester City. Campeão por duas vezes da Champions League, Guardiola segue em busca da conquista inédita para a galeria do Azuis, visto que na última edição bateu na trave ao ser derrotado pelo Chelsea, na finalíssima.

Leave a Reply