Cotidianas: a queda do muro e outras

Cotidianas: a queda do muro e outras

A QUEDA DO MURO DA ESTAÇÃO
Não é de hoje que tento me organizar pra fazer postagens pequenas ao longo do dia, mas entre uma coisa e outra alguns dos tópicos que quero abordar acabam envelhecendo. Mas como nunca é tarde pra (re)começar, vamos lá!

Há pouco recebi de um morador vizinho à Estação do Conhecimento a foto de um dos muros que desabou. Segundo o leitor, o muro já estava “assim, assim” há algum tempo e hoje, logo depois da chuva, caiu. Ele também relata que outras partes também estão cedendo, algo que também não é novidade.

Uma pena isso acontecer, especialmente quando vivemos uma Feira do Livro, que já foi recebida inúmeras vezes pela Estação. Aliás, na minha modesta opinião é ali que a Feira deveria acontecer sempre. E mais, não somente ela como tantos outros eventos culturais.

AS NOVAS CORES DA CICLOVIA
Excelente a iniciativa do Poder Público de investir na revitalização da ciclovia da Aparício Mariense. Nada mais justo do que contemplar algo que está cada vez mais presente no dia a dia dos santiaguenses. É impressionante o quanto cresceu essa “turma do pedal”. Confesso que há horas penso em aderir também, mas aí vejo a turma pedalando 30, 40, 100 quilômetros e desisto até de pensar.

EXEMPLO QUE VEM DO SUL
Mesmo com todas as polêmicas e o viés político trazido pela pandemia, é sempre revigorante ler notícias como a de que o Rio Grande do Sul tem maior adesão à vacina contra Covid-19 que os Estados Unidos. Sinal de que apesar de algumas divergências e de duvidar de algumas medidas e posicionamentos, os gaúchos ainda têm poder de discernimento para entender que quanto mais pessoas vacinadas, ainda que não haja 100% de eficácia nos imunizantes, menor é o risco de se contrair e maiores as chances de eliminar o maldito vírus das nossas rotinas.

VISITA CONFIRMADÍSSIMA
A direção do Grupo Hospitalar Santiago confirmou para a manhã do próximo sábado (27) a visita do Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Um prestígio e tanto à nossa cidade, que é na saúde uma referência regional. Com a chegada do Instituto do Coração e da Neurologia o salto será gigante. E melhor do que isso, não é só status não. Ouvi na segunda-feira um relato da vereadora Cleusa Canterle de uma pessoa que precisou passar por cateterismo e foi atendida de imediato aqui. Quem entende um pouco sabe que esse atendimento imediato nesses casos significa vidas salvas.

Tentei puxar pela memória, mas confesso que não lembrei da última visita de um Ministro de Estado a Santiago. Méritos de uma administração bem sucedida, que mostra o verdadeiro tamanho da instituição em nível nacional e, claro, do deputado Marcelo Brum, que articulou a vinda para mostrar ao ministro onde serão investidos os recursos vindos de suas emendas.

Então tá, por hoje era isso. Voltaremos a qualquer momento com mais. Aliás, que tal falarmos um pouco sobre esse esquenta político de fim de ano pré-eleitoral e seus reflexos por aqui?

NOS VEMOS NO CAFEZINHO, ESPORTE E NOTÍCIAS, ÀS 17H30, EM CANAIS JÚLIO MARTINS NO FACEBOOK!

Leave a Reply