TOP 5: Inter empata, Grêmio não muda e calendário da Sul-Americana

TOP 5: Inter empata, Grêmio não muda e calendário da Sul-Americana

5- NADA MUDA NA ARENA: Em reunião após o empate sem gols com o Vila Nova, em Goiás, a direção do Grêmio optou por não fazer mudanças no departamento de futebol, pelo menos até o confronto da próxima quinta-feira, contra o Vasco, no Rio de Janeiro. Quinto colocado na Série B, o Tricolor poderá passar por mudanças radicais em caso de tropeço no São Januário. Isso inclui o técnico Roger Machado, o vice Dênis Abrahão e outros profissionais do clube.

4- CALENDÁRIO DA SUL-AMERICANA: O Inter já sabe quando duelará com o Colo-Colo, do Chile, por uma vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana. A Conmebol divulgou na noite desta segunda-feira as datas e os horários dos jogos de ida e volta. O primeiro jogo, em Santiago do Chile, acontece no dia 28 de junho, terça-feira, às 21h30min. O retorno será no Beira-Rio, dia 05 de julho, também às 21h30min.

3- RAFAEL RAMOS DEPÕE SOBRE INJÚRIA: O lateral-direito Rafael Ramos, do Corinthians, prestará depoimento nesta terça-feira (31) como parte do inquérito conduzido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para apurar se ele cometeu injúria racial contra o meia Edenílson, do Inter.

2- INTER EMPATA A QUINTA SEGUIDA: O Internacional saiu na frente, mas cedeu o empate ao Atlético Goianiense. Este foi o quinto empate seguido do Colorado, três deles no Beira-Rio. Com o resultado a equipe gaúcha subiu duas posições e agora ocupa o 12º lugar na tabela de classificação do Brasileirão Série A. Wanderson marcou o gol do Inter aos 11 minutos do primeiro tempo. O empate dos visitantes veio no segundo tempo, com Churín, ex-Grêmio.

1- MANO ASSUME A CULPA: Após o jogo contra o Atlético-GO, o técnico Mano Menezes admitiu a responsabilidade pelos problemas táticos apresentados pelo Inter, resultando na atuação ruim. De acordo com o treinador, esses erros foram determinantes para o empate em 1 a 1 contra o adversário, no Beira-Rio, após uma atuação fraca e que terminou com vaias da torcida. “Estivemos mais perto de perder do que de vencer. Temos que trabalhar com transparência com o torcedor”, reconheceu o técnico colorado.

Wanderson marcou, mas Inter não segurou o resultado no Beira-Rio.
Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Leave a Reply